Quinta-feira, 23 de Agosto de 2007

O Amor tem os olhos da Loucura.


Tempos atrás, viviam duas crianças, um menino e uma menina,
que tinham entre quatro e cinco anos de idade.

 O menino chamava-se Amor e a menina, Loucura.

 

O Amor sempre foi uma criança calma, doce e compreensiva.

 Já a Loucura era muito emotiva, passional e impulsiva.

 

Entretanto, apesar de todas as diferenças,
as crianças cresciam juntas, inseparáveis:

Brincando, brigando...

 

Houve um dia, porém, em que o Amor

não estava muito bem, e acabou cedendo

às provocações de Loucura, com a qual

teve uma discussão muito feia.

 

Ela não deixava nada por fazer; estava furiosa como nunca
com o Amor, e começou a agredi-lo, não só

verbalmente, como de costume.

 

A menina estava tão descontrolada que agrediu o garoto fisicamente
e, antes que pudesse perceber, arrancou os olhos do Amor.

 

O Amor, sem saber o que fazer, chorando,

foi contar à sua mãe, a deusa Afrodite,

o que havia ocorrido.

 

Inconsolada, Afrodite implorou a Zeus que ajudasse seu filho
e  que castigasse Loucura.

 

Zeus, por sua vez, ordenou que chamassem a garota
para uma séria conversa.

 

Ao ser interrogada, a menina respondeu, como se estivesse com
a razão, que o Amor a havia aborrecido e que foi

merecido tudo o que aconteceu.

 

Embora soubesse que não fora justa com seu amigo,
a menina - que nunca soube se desculpar - concluiu dizendo :

que a culpa havia sido do Amor, e que não estava nem um pouco arrependida.

 

Zeus, perplexo com a aparente frieza daquela criança,
disse que nada poderia fazer para devolver a visão ao Amor,
mas ordenou que Loucura estaria condenada a guiá-lo
por toda a eternidade, estando sempre junto ao Amor
em cada passo que este desse.

 

E até hoje eles caminham juntos.

 

Onde quer que o Amor esteja, com ele estará Loucura,
quase que fundidos numa só essência, tão unidos que

por vezes não se consegue definir onde termina
o Amor e onde começa a Loucura.

 

É também por isso que se costuma dizer que o Amor é cego.

 

A verdade é que: -  o Amor tem os olhos da Loucura.

tags: ,
publicado por isabelsushi às 16:51
link do post | comente | ver comentários (18)
Quarta-feira, 18 de Outubro de 2006

É loucura ...

Odiar todas as rosas,

Porque uma te espetou...

Entregar todos os teus sonhos,

Porque um deles não se realizou...

Perder a fé em todas as orações,

Porque numa não foste atendido...

Desistir de todos os esforços,

Porque um deles fracassou...

Condenar todas as amizades,

Porque uma te traiu...

Descrer de todo amor,

Porque um deles te foi infiel...

Jogar fora todas as chances de ser feliz,

porque uma tentativa não deu certo...

------
Espero que na tua caminhada

Não cometas estas loucuras,

Lembra-te que há sempre

uma outra chance,

Uma outra amizade,

Um outro amor,

Uma nova força...

É só ser perseverante e

Procurar ser mais feliz a cada dia,

Pois a glória não consiste em jamais cair,

mas sim em ergueres-te,

todas as vezes que forem necessárias!!!

tags:
publicado por isabelsushi às 17:20
link do post | comente

.Novembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Nova página 1

Blogs que visito

Nova página 1

OS MEUS SELOS

Nova página 1

Nomeações

Nova página 1

AWARDS RECEBIDOS

Nova página 1

Presentes recebidos

.Outros Links que visito *sem selo*

.posts recentes

. O Amor tem os olhos da Lo...

. É loucura ...

.arquivos

. Novembro 2012

. Março 2012

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.mais sobre mim

blogs SAPO