Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

AMO-TE

Amo-te, sem reflectir, inconscientemente,
irresponsavelmente, espontaneamente,
involuntariamente, por instinto,
por impulso, irracionalmente,

de facto não tenho argumentos lógicos,
nem sequer improvisados,
para fundamentar este amor que sinto por ti,
que surgiu misteriosamente do nada,
que não resolveu magicamente nada,
e que milagrosamente,

pouco a pouco, com pouco e nada,
melhorou o pior de mim!


Amo-te com um corpo que não pensa,
com um coração que não raciocina,
com uma cabeça que não coordena,

amo-te incompreensivelmente,
sem perguntar-me, porque te amo?
Sem importar-me, porque te amo?
Sem questionar-me porque te amo?

Amo-te
simplesmente porque te amo…
eu mesma não sei porque te amo!

tags:
publicado por isabelsushi às 00:26
link do post | comente | ver comentários (15)

.Novembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Nova página 1

Blogs que visito

Nova página 1

OS MEUS SELOS

Nova página 1

Nomeações

Nova página 1

AWARDS RECEBIDOS

Nova página 1

Presentes recebidos

.Outros Links que visito *sem selo*

.posts recentes

. AMO-TE

.arquivos

. Novembro 2012

. Março 2012

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

.mais sobre mim

blogs SAPO