23 comentários:
De cindamoledo a 27 de Setembro de 2007 às 16:31
Lindo Isabel, este poema, seja quem for o autor está lindo. Fico contente por saber que continua bem. Bjs. cinda
De isabelsushi a 27 de Setembro de 2007 às 19:18
Olá minha querida pensava eu que agora iria ter mais tempo, mas afinal ainda não consegui, é só coisas para fazer hoje foi o dia todo com o carro no mecânico, o que faz ter carros velhos...
Eu bem que gostaria que fosse novo...
Venho aqui só mesmo de fugida, nem tempo tenho para visitar os blogs que gosto!
Fico contente por saber que a Cinda está bem!
Beijokinhas!
De cindamoledo a 27 de Setembro de 2007 às 18:18
Tem uma taça no meu blog. Bjs cinda
De menina sonhadora a 27 de Setembro de 2007 às 21:11
Mais um lindo post
bjs boa noite
De isabelsushi a 27 de Setembro de 2007 às 22:42
Olá minha linda, obrigada pela visita!
Beijinho grande, volta sempre!
De loira incompreendida a 27 de Setembro de 2007 às 21:54
o amor, o amor...
que estranho sentimento é esse, que nos preenche duma maneira que julgaramos impossivel?
beijinhos
De isabelsushi a 27 de Setembro de 2007 às 23:13
Olá minha querida, o amor é uma entrega total!
Não só por uma pessoa, mas por todas as que amamos.
Beijokinhas e obrigada pela visita!
De maripossa a 28 de Setembro de 2007 às 01:39
Amiga Isabel. Olhe não sei de que será o Poema mas está lindo, já agora o verdadeiro autor não se deve importar por colocar o seu valor para que todos o conheçam !ele depois dirá ,gostei muito. Amiga sabe o velho ditado, mulheres novas e carros velhos são uma dor de cabeça, para os Homens dizem?Beijo amiga e bom fim semana.maripossa
De cintia a 28 de Setembro de 2007 às 09:00
Agora !
Agarrar a vida
sem indagar porquês.
Viver agora
com tanta intensidade,
como se fosse
o minuto derradeiro.
Olhar o hoje e ver o
reflexo de antes,
muito antes.
Usufruir o momento
como vem,
esquecendo o tempo
do ontem e do amanhã,
indo fundo no tempo de agora.
Mergulhar inteira no lago
do instante presente,
como se a vida se escoasse
após aquela hora.
Amar demais, como se tudo fosse
acabar como uma onda revolta,
na chegada de um acaso
que sempre acontece
sem que a gente perceba
(M.Martinez)

Desejo um maravilhoso fim de semana

Beijinhos

cintia
De isabelsushi a 29 de Setembro de 2007 às 15:26
Olá minha querida, muito obrigada pelo poema é lindo! Mas sabe que eu penso assim, devemos viver o momento presente como se fosse o último!
Talvez porque já fui vítima de um AVC, e por isso dou mais valor ao presente do que ao futuro. O futuro nós nem sequer sabemos se cá estamos!
Minha querida desejo um óptimo fim de semana, com muito amor muita paz e muita saúde.
Beijokinhas e uma
De olha_por_mim a 28 de Setembro de 2007 às 11:12
Olá amiga!!!
Lindo poema...
Desejo-te um óptimo fim de semana e deixo-te uma enorme beijoca
De isabelsushi a 29 de Setembro de 2007 às 15:21
Olá minha querida, muito obrigada pelos votos de bom fim de semana!
Também quero desejar-te um fim de semana repleto de coisas boas, com muito amor, muita paz e muita saúde!
Beijokinhas para ti e para o Rodrigo, já agora para o pai também... lllollol
Uma
De Lusitana a 28 de Setembro de 2007 às 17:35
Olá Isabel :)
Gostei do poema!
Passei para te desejar um bom fim de semana com tudo de bom!
Beijinhos *
De isabelsushi a 29 de Setembro de 2007 às 15:18
Olá minha querida, muito obrigada pela passagem...
Um bom fim de semana também, com muito amor, muita paz e muita saúde!
Beijokinhas e uma
De Lipa a 28 de Setembro de 2007 às 20:21
lindo...
ai o amor!

Beijinho*
De isabelsushi a 29 de Setembro de 2007 às 15:11
Olá minha querida!
O amor é que move o mundo para o bem!
Espero que esteja tudo do melhor contigo!
Beijokinhas e uma
De carla granja a 2 de Outubro de 2007 às 18:22
olá minha querida! como estás? o amor é sempre a inspiração para os belos poemas de amor como esse k acabei de lêr. nunca mais me vieste ler e eu k gosto sempre dos teus comentarios tão sábios.:)
tenho saudades:( bjo
carla granja

comente o post que mais lhe agradar