De paty a 28 de Junho de 2007 às 12:11
Segredos que ontem à noite contei
Sob a sombra de prata da Lua
Versos ensolarados
À luz de vela te ouvi recitar
Eram para mim? Ventura
Não é só aventura
É caso eterno
Esse nosso.

Canções de amor cantamos juntos
De mãos dadas ouvimos
A sinfonia da mata
No banco da praça
Te fiz carícias. Delícia!
É respirar o ar
que respiras.

Oramos juntos pela alegria dos pássaros
E também juntos fizemos reverência
Às cascatas, às matas
E pedimos a Deus para que a paz
Que nos encanta
Abençoasse o país
Que nos abraça.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.